Design Gráfico

A proposta do curso de Design Gráfico da Escola de Arti Visive do IED São Paulo é fazer os estudantes refletirem sobre a gráfica contemporânea, caracterizada por seu dinamismo. O curso os prepara para o desenvolvimento de projetos importantes, que evidenciem o poder da comunicação e a síntese visual.

Com um corpo docente multidisciplinar, sólida formação cultural, e dentro da metodologia proposta pelo IED São Paulo, o estudante da escola vivencia, por exemplo, todas limitações de um processo industrial e também tem acesso às novas ferramentas,  como o motion graphic.Desenvolve projetos de design que são verdadeiros pontos de encontro entre as instâncias econômicas, técnicas, tecnológicas, culturais e estético-funcionais. Visitas técnicas a empresas, contato frequente com designers gráficos, por meio de workshops realizados na instituição, uso de temas atuais no desenvolvimento de projetos complementam a formação do estudante. A escola acredita que o design gráfico também é resultado de prática diária.

O profissional

O profissional formado pelo curso de Design Gráfico da Escola de Arti Visive do IED São Paulo é preparado para atuar em diversas áreas do design, em empresas de pequeno porte ou grandes companhias. Está apto a desenvolver projetos gráficos para jornais, livros e revistas, por exemplo, peças informativas, como folhetos e folders, embalagens de produtos, cartazes, placas e sistema de sinalização, concepções gráficas para exposições e eventos, identidade visual corporativa etc. Está ainda preparado para desempenhar as funções  de coordenador e produtor gráfico.

Trata-se de um profissional capaz de atuar em diversas etapas do processo editorial e gráfico. E, embora tenha o desafio de encontrar o equilíbrio entre conteúdo e forma, o designer gráfico não é um mero intermediário entre os dois aspectos. O profissional acrescenta conteúdo ou, pelo menos, intensifica-o, fazendo uso das ferramentas tecnológicas que tem disponíveis – ilustrações, fotografias, tipografia etc.

O designer gráfico, assim como outros profissionais do design, é um observador de tendências de hábitos e consumo. Como interage com diversas áreas, como fotografia, produção de texto, psicologia do consumidor, deve ser um profissional completo. O trabalho dos designers gráficos está inserido no cotidiano da sociedade.

Áreas de estudo

Cultural: arte moderna, história do cinema, história da gráfica, sociologia da comunicação, semiótica, comunicação visual contemporânea.

Técnica e tecnológica: linguagem visual, técnicas de ilustração, tipografia, fotografia, computação gráfica (Photoshop, Ilustrator, Flash, InDesign, Dreamweaver, After Effects), tecnologia poligráfica, marketing.

Projetual: laboratório de tendências, projeto editorial, projeto gráfico, design de interface, projetos interdisciplinares.

A Coordenadora do Curso

Mari PiniMari Pini
Mari Pini é um dos nomes mais expressivos em Design Editorial. É formada em Artes Plásticas pela FAAP e Mestre em Comunicação Visual pela FAU USP. É Diretora de Arte. Dedica-se, desde 1977, à criação de projetos gráficos, identidade visual e comunicação visual para a área editorial e corporativa. Desenvolve design editorial para livros, catálogos de arte e institucionais. Na área cultural atua na criação e execução de exposições de arte e ciência, na criação de espaços e comunicação de eventos específicos das áreas artísticas e culturais. Nos anos 90, atuou na diretoria da ADG – Associação de Designers Gráficos e escreveu “Prática Profissional do Designer Gráfico”. Nos últimos anos assinou os projeto de Comunicação e Identidade Visual da Ordem do Mérito Cultural para o Ministério da Cultura e das exposições de arte Rembrandt a arte da Gravura e A Arte de J.Borges da cordel à xilogravura para o Centro Cultural Banco do Brasil. Suas peças ganharam prêmios de excelência gráfica se destacando pelo apuramento de sua produção, originalidade e estética.

Todos os cursos

Graduação

Pós-Graduação

Extensão

Participe do Concurso "Todo Dia Criativo"